• Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2019 - Made with ♥ by Hero Corp.

DICA DE LUXO

Papo de Responsa: Projeto da Polícia Civil do ES

19/06/2017

 

O Papo de Responsa já atendeu milhares de crianças e adolescentes em situação vulnerável à violência chegando a ser reconhecido em diversas premiações nacionais.

 

O objetivo do projeto da Polícia Civil do Espírito Santo é chegar até às escolas e comunidades mais vulneráveis à violência para diminuir os índices de criminalidade através de dinâmicas lúdicas voltadas às crianças e jovens, aproximando os policiais às comunidades.

 

O projeto surgiu baseado em experiências da Polícia Civil do Rio de Janeiro e já atendeu crianças e adolescentes em bairros com altos índices de criminalidade.

 

A equipe do Papo de Responsa chega às comunidades e escolas sempre a convite das instituições, toda a atividade consiste em três etapas, onde o projeto inicia uma conversa entre policiais e alunos com o foco de discutir o tema escolhido.

 

Já na segunda fase, o "Um Papo é um Papo", os jovens emitem opiniões sobre o tema abordado no primeiro encontro e escolhem questões para serem aprofundadas.

 

A terceira fase, o "Papo no Chão", crianças e adolescentes conversam com policiais e visitam a Academia de Polícia, onde participam de várias atividades, utilizando uma linguagem muito informal para mostrar às crianças e jovens que a violência não leva a nada, mostrando outros caminhos e expectativas para esses jovens carentes.

 

O projeto atende ao Programa Ocupação Social, visando promover oportunidades de educação, empreendedorismo e cultura para jovens com maior exposição à violência. Trata-se de um programa de oportunidades, por meio de ações efetivas que garantem promoção e defesa de direitos humanos.

 

O Dica de Luxo parabeniza todos os integrantes do “Papo de Responsa” pelo empenho em tirar os jovens capixabas do caminho da criminalidade. JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload