DICA DE LUXO

A ida dos adolescentes ao urologista

08/10/2019

 

Uma pesquisa realizada em 2019 pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) constatou que apenas de 3,5% dos meninos entre 13 a 17 anos procuram fazer algum tipo de acompanhamento urológico. Em contrapartida, 42,1% de meninas da mesma faixa etária frequentam o ginecologista.

Com a entrada na puberdade, é nessa faixa etária que descobrem a sexualidade e as suas possíveis consequências como as doenças sexualmente transmissíveis (DST). Além da prevenção dessas doenças existem condições fisiológicas que podem ser diagnosticadas somente por um urologista como a varicocele, balanopostite e a fimose.

Segundo o médico urologista Dr. Gabriel Moulin, é importante incentivar consultas regulares para uma orientação apropriada sobre a saúde sexual e física. “Existe uma visão repleta de desinformação ao redor da figura do urologista. A ideia do profissional é esclarecer dúvidas e cuidar de diversos aspectos da saúde do homem”, afirma o especialista. 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2019 - Made with ♥ by Hero Corp.