• Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2019 - Made with ♥ by Hero Corp.

DICA DE LUXO

Buser: ganhe viagem free por cidades brasileiras

19/10/2019

 

O Buser é um aplicativo que oferece o serviço de compra de passagens de ônibus para viagens intermunicipais.

Disponível para baixar em celulares Android ou iOS (iPhone), o sistema ganhou visibilidade nos últimos meses por conta dos preços ofertados — a tarifa cobrada pela passagem no app é bem menor do que a cobrada pelas viações nos guichês e sites de rodoviárias.

Algumas viagens são GRÁTIS, fizemos algumas simulações e existem várias opções de viagem, por exemplo, Vitória x Rio de Janeiro grátis e o valor da viagem é R$ 129,90, ou seja, é possível o usuário viajar para o Rio de Janeiro, pagando R$ 129,90 (ida e volta).

A promessa é uma economia de até 60%. O custo mais favorável só é possível devido ao que seus desenvolvedores chamam de “fretamento colaborativo”.

Por meio dessa tecnologia, o passageiro pode se cadastrar no serviço, entrar em um grupo de viagem para o destino e datas selecionados e garantir um lugar no ônibus fretado pela Buser. O valor da passagem não é fixo: ele é definido com base na quantidade de pessoas interessadas no mesmo trajeto, já que o valor total do serviço de frete é dividido por cada um dos usuários.

A Buser, conhecida por oferecer passagens de ônibus por um preço abaixo do mercado, utiliza o método de fretamento coletivo para garantir a menor tarifa aos usuários. Como o aplicativo não é vinculado a nenhuma viação, as viagens são feitas por meio de ônibus fretados, que são contratados pela Buser. Outro objetivo do app é reunir o maior número de pessoas interessadas em um mesmo trajeto para dividir os custos do transporte alugado.

O fretamento coletivo, portanto, é um sistema de rateio do custo total da contratação do fretado entre os passageiros da viagem (que compõem os chamados grupos de viagem). Uma viagem por meio da Buser só pode ser feita quando um grupo de viagem possui uma quantidade mínima de passageiros pagantes.

No aplicativo, o usuário pode conferir quais são as probabilidades de um grupo confirmar uma viagem. A estimativa é feita de acordo com volume de busca para o itinerário, número de reservas em relação aos dias restantes para o deslocamento, quantidade de interessados no caminho de volta e até disponibilidade da empresa de fretados. O custo da passagem diminui bastante quando comparada ao bilhete vendido em rodoviárias porque, atualmente, é mais econômico fretar um transporte e dividir seu valor total entre o número máximo de passageiros permitidos.

Por ser uma empresa de tecnologia que visa reunir pessoas interessadas em um mesmo trajeto, assim como a contratação de um transporte para realizar tais viagens, a Buser não possui uma frota própria. O aplicativo faz parcerias com empresas de ônibus fretados para ofertar seus serviços — e é assim que a companhia se sustenta, com comissões pagas pelas firmas contratadas. 


Segundo o site do aplicativo, todas as empresas parceiras da Buser são regulares e possuem autorizações de órgãos federais — como a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) — para realizar viagens. A companhia também se responsabiliza pela qualidade dos veículos contratados – os transportes precisam passar por uma auditoria para fazer parte da plataforma. Itens como idade do veículo e histórico de manutenção dos ônibus são avaliados.
Para solicitar uma viagem pela Buser, é preciso fazer download do aplicativo, disponível na Google Play Store e na App Store. O cadastro pode ser feito por meio de e-mail, celular ou conta do Facebook. É preciso fornecer dados como nome completo, e-mail, telefone e criar uma senha para o app. No primeiro cadastro, o usuário ganha R$ 10 em buedas (a moeda do aplicativo) para usar em viagens.

O local de origem e o destino da viagem, assim como a data para realizar o trajeto, podem ser buscados na tela inicial da plataforma. Com essas informações, o usuário consegue visualizar se já existem grupos de viagem para o horário desejado — caso não existam, é possível criar um —, quantas reservas já foram realizadas e quais viagens já estão confirmadas. Não é possível escolher os assentos no ônibus, pois eles são definidos apenas na hora do embarque.  

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload