• Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2019 - Made with ♥ by Hero Corp.

DICA DE LUXO

Pesquisa Sebrae mostra a dificuldade dos empreendedores

03/12/2019

Mais de 50% dos donos dos micros e pequenos empresários capixabas admitiram a necessidade de capacitação quando o assunto é controle e gestão financeira, segundo uma pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae ES).

O levantamento – que mostrou o perfil dos empresários proprietários de microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) -, revelou a porcentagem dos 39% que buscam orientação para obter crédito ou empréstimo. Há ainda um grupo formado por 24% que admitiu já ter atrasado o pagamento de algum imposto.

“Os dados sugerem a necessidade de uma gestão financeira para os pequenos negócios urgente. É comum esse empreendedor dar início as atividades e ser, ele mesmo, responsável por tudo. Mas com o tempo percebe a inabilidade para algumas áreas, como a financeira”, explicou a administradora e gerente da Unidade Financeira do Conselho de Administração do Espírito Santo (CRA-ES), Kamyla Dadalto.

Segundo ela, quanto mais o pequeno empresário insistir em dar seu “jeitinho” para equilibrar as contas do negócio, pior pode ficar. “Em geral, a recomendação é buscar uma consultoria para identificar os problemas e criar as estratégias para sair do vermelho. Cada empresa terá um tipo de dificuldade e a vantagem da consultoria é a personalização do atendimento”, sugeriu.

Para os empreendedores que ainda não podem contratar um consultor, a administradora dá uma dica preciosa: separe as contas bancárias de uso pessoal e para uso do negócio. “Sem essa divisão é até difícil conseguir perceber se a empresa está dando lucro ou prejuízo”, alerta a gerente do CRA-ES.

Outra sugestão é não usar o capital obtido com empréstimo bancário para pagar dívidas. “Empréstimo é para investir. Por isso, ter um plano de negócios é fundamental para que esse dinheiro não vá embora sem ter possibilitado o crescimento ou a melhoria desejada para a empresa”, finalizou. 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload