• Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2019 - Made with ♥ by Hero Corp.

DICA DE LUXO

Vinícola Matetic na costa do Chile

03/12/2019

 

Localizado na região costeira dos vales de San Antonio e Casablanca, no Chile, a apenas 1h20 por terra de Santiago, a Vinícola Matetic e seu hotel-boutique, La Casona, são um destino turístico completo, pois conjugam experiências gustativas e hospedagem de alto padrão. Para os apreciadores de vinho não há lugar mais perfeito, já que podem se inebriar em degustações etílicas, além de fazer passeios pelos vinhedos e pela paisagem campestre da propriedade. O mesmo vale para famílias, já que adultos e crianças podem praticar, juntos, atividades diversas.

Sinônimo de excelência em hotelaria, o La Casona disponibiliza apartamentos espaçosos – todos com nomes de cepas de vinhos -, com camas king size e lençóis de algodão 600 fios para que o hóspede tenha uma noite de descanso com o máximo de conforto. Pelas janelas se descortina a privilegiada vista para os vinhedos e jardins e, nas áreas comuns, sala de estar com lareira e mesa de bilhar estão ao dispor dos clientes. Isso sem esquecer do terraço com piscina externa e do espaço para eventos.

Entre as instalações da Vinícola Matetic destaca-se também o Restaurante Equilibrio, que oferece o melhor da cozinha chilena, com uso de ingredientes locais, muito deles colhidos nos pomares e hortas das próprias dependências. Seguindo o conceito slow food, o ambiente proporciona uma atmosfera relaxada para degustar as refeições sem pressa, sempre harmonizadas com os vinhos Matetic.

Vale ressaltar que a Vinícola Matetic é um empreendimento familiar que já existe há 20 anos. De origem croata, a quarta geração de imigrantes vislumbrou potencial no terroir do Vale do Rosário. Desde 1999, esta estância – hoje com 9 mil hectares - se tornou referência no plantio de Syrah de clima fresco.

Noites frescas, névoa matinal, brisa vespertina e chuvas invernais. A influência da costa seca de clima ameno do Chile, provocada pelas correntes de água gelada do Oceano Pacífico, acabam por proporcionar o ambiente ideal para o crescimento saudável das uvas. Dessa forma, elas maturam mais lentamente e, por isso, atingem acidez natural e sabores mais intensos.

As condições climáticas, por sua vez, se combinam com perfeição aos solos graníticos da Cordillera de la Costa. Embora pobres em nutrientes, sua natureza arenosa permite grande poder de drenagem e facilidade de penetração para as raízes.

Soma-se a isso a implantação de técnicas de plantio biodinâmico, que ajudam a melhorar a riqueza e biodiversidade do ecossistema e que geram melhorias na qualidade do solo, proporcionando porosidade e atmosfera favorável ao desenvolvimento microbiano.

Como objetivo de longo prazo, pretende-se trabalhar para criar um ecossistema de fertilidade natural independente de insumos externos. Em sintonia com a natureza e em respeito a seu selo de certificação orgânica, a intenção é aplicar métodos mais modernos para que os vinhedos cresçam resistentes a pestes e doenças.

À paisagem natural do vale a adega se mescla em perfeição simbiótica. O projeto do arquiteto Laurence Odfjell foi construído levando-se em conta cada detalhe do processo de produção dos vinhos, bem como o cuidado com o meio ambiente. Com capacidade de armazenamento de 600 mil litros, possui um design com fluxo gravitacional que permite o delicado manuseio da uva, da seleção à fermentação. A atenção também se estende à estocagem nos seus quase 1.800 barris, que respeitam as condições ideais de umidade e temperatura.

Se tradição é um vocábulo importante quando se trata de vinho, os costumes desta terra são honrados pelo Corralillo, selo que leva o nome de uma antiga adega do Vale do Rosário. De paladar frutado, ele convida o apreciador a conhecer mais a fundo os sabores doterroir costeiro do Chile. Sua produção inclui quatro variedades brancas –Sauvignon Blanc, Chardonnay, Riesling e Gewürztraminer – e quatro tintas – Pinot Noir, Syrah, Cabernet Sauvignon e Winemaker’s Blend.

Já a linha Equilibrio já diz no nome a que veio, pois representa o comprometimento em promover o balanço com a natureza. Solo, clima e vinhedos em perfeita harmonia que se traduzem em qualidade e elegância. O resultado se configura na grande complexidade do palato, que adquire mais nuances e camadas à medida que envelhece. São dois tipos brancos – Sauvignon Blanc e Chardonnay- e dois tintos – Pinot Noir e Syrah.

A marca Matetic, por sua vez, carrega o nome da família e todo o pioneirismo de se empreender este desafio no Vale de San Antonio. O amadurecimento vagaroso e gradual das uvas garante sabores únicos e intensos, permitindo que elas alcancem equilíbrio natural e suas características autênticas. Com produção limitada de 300 cascos por ano e 22 meses de envelhecimento em barris de carvalho francês, este vinho carrega a paixão da família Matetic pela Syrah. Tanto apreço faz com que a bebida de sabor encorpado reflita textura balanceada, com acidez e suavidade complementares e com acabamento prolongado.

Uma vez conhecidos os tipos, abre-se espaço para experiências profundas e imersivas. São diversas as alternativas que a Vinícola Matetic dispõe aos seus clientes, a começar pelas visitas guiadas às plantações. Os tours regulares são conduzidos em espanhol ou inglês e acompanhados de degustação. Já nostours privativos existe a possibilidade de se fazer provas na companhia de um enólogo.

Opções adicionais incluem os shots, em que se pode experimentar três tipos diferentes de vinho em copos comestíveis de chocolate, e a Blending in Action, onde os participantes podem criar seu próprio vinho numa competição entre times a ser julgada por um sommelier.

Além disso, a Vinícola Matetic oferece uma vasta gama de atividades complementares. Na abundante diversidade de fauna e flora da propriedade, pode-se praticar esportes ao ar livre, como trekking, mountain bike e cavalgadas.

Na Trilha dos Sentidos, por exemplo, o visitante é levado para os corredores naturais de espécies de flora nativa do Chile. O término apoteótico acontece num mirante de face para os vinhedos deSauvignon Blanc, lugar exato do nascimento da vinícola.

A rota cênica da Caminhada do Alto Bahamondes percorre diferentes tipos de paisagens pela flora nativa do Vale El Rosario e inclui subida na Montanha Bahamondes, que está a 403 metros acima do nível do mar. No topo, se pode ver o Oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes.

O passeio da Palmeira do Chile passa pelas montanhas e desfiladeiros do Vale do Rosário, onde se revela uma linda palma chilena. Já o tour Explorando o Vale do Rosário propõe uma visita à uma fazenda colonial com o intuito de mostrar o cuidado com a terra e a preocupação com a sustentabilidade.

Os extensos campos de videiras também são paisagens sublimes para passeios sobre rodas. A excursão De bicicleta pelos vinhedos é uma imersão pelos corredores de Sauvignon Blanc, enquanto a De bicicleta pelo Vale do Rosário é uma oportunidade perfeita para explorar também as fazendas de gado e florestas da região.

As cavalgadas pela estância também são atividades que combinam com o ar bucólico. Na companhia de guias e de umhuaso – cowboy chileno – os visitantes seguem em direção aos vinhedos e ao mirante das plantações de Sauvignon Blanc e se encantam com plantas nativas, flores da estação e espécies da vida selvagem local. 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload