DICA DE LUXO

BH Shopping abre espaço para o luxo

10/04/2018

BH Shopping abre espaço para o luxo e a sofisticação no mundo da velocidade com a exposição automobilística "Exclusivos BH".

 

Lamborghini, Mercedes e BMW são algumas das marcas premium que estarão presentes no evento que será realizado no mês de abril

 

Eles são excepcionais, poderosos, tecnológicos, caros e raros. Entre os dias 14 e 22 de abril os carros mais luxuosos que existem no país poderão ser apreciados de forma única pelos clientes do BH Shopping. A exposição “Exclusivos BH”, que comemora quatro anos da página homônima no Instagram, vai apresentar os maiores lançamentos e os grandes clássicos do mundo automobilístico.

 

Agora, marcas premium nacionais e internacionais vão exibir, no Piso Mariana, modelos ainda mais sofisticados: o BMW i8, que custa cerca de R$800 mil e é um dos mais tecnológicos modelos da montadora, ou o eterno Lamborghini Diablo, avaliado em cerca de U$2,5 milhões e que hoje é acessível somente nos acervos de colecionadores.

 

A Mercedes vai trazer seu AMG GT-R, que bateu o recorde de melhor tempo no circuito Nurburgring Nordscheleife, um dos mais velozes e perigosos do mundo, em 2016. A Honda, por sua vez, vai apresentar seu esportivo mais emblemático, o Honda NSX, desenvolvido em parceria com Ayrton Senna no final dos anos 80 e comparado a modelos como o Porsche 911 e a Ferrari 348.

 

O evento será encerrado no dia 22 de abril com uma grande concentração de carros de luxo, seguida por uma carreata que vai partir do estacionamento do Piso Mariana no BH Shopping até o Instituto Inhotim, em um grande desfile de ícones.

 

Conheça algumas das estrelas da exposição:

 

BMW i8

Membro da família i de modelos ecologicamente corretos da BMW, o esportivo i8 é um híbrido movido por um motor 1.5 a gasolina de três cilindros, que desenvolve 231 CV de potência, atuando em conjunto com um propulsor elétrico de 131 cv (oferece sozinho autonomia de 35km). Acelera de 0 a 100km/h em 4,4 segundos e atinge velocidade máxima de 250 km/h, com tração integral.

 

Pode ser recarregado em tomada residencial ou usando o sistema de recarga rápida, com carga total de 2,5 horas. Chama atenção pelo design futurista, com mistura de dois tons na carroceria e portas que se abrem para cima no estilo tesoura. Possui quatro modelos de condução: Comfort, Eco Pro, Sport e eDrive, que otimizam as repostas do modelo de acordo com a condução. Ele mede 4,7 m de comprimento, 2 m de largura, 1,3 m de altura e 2,8 m de entre-eixos. Buscando uma maior eficiência, os pneus do híbrido i8 não abusam de largura: são 195/50 na dianteira e 215/45 na traseira.

 

Lamborghini Diablo

Nome dado em homenagem a um touro consagrado nas touradas espanholas de 1869, o Diablo é um modelo esportivo da Lamborghini que foi produzido entre 1990 e 2000. Assim como seu antecessor, o famoso Countach, possui um motor V-12 5.7L (que produz 492 hp) montado entre os eixos atrás da cabine. A tração é traseira, o câmbio possui cinco marchas. Com esse conjunto mecânico, também leva cerca de 4 segundos para atingir 100km/h e chega a alcançar 325 km/h.

Ao contrário do que ocorre em superesportivos dessa classe, o acabamento do Diablo é um dos pontos fortes. Os bancos eram encomendados de acordo com as medidas do comprador e tinham várias opções de regulagem, vidros com acionamento elétrico que desciam até o final e o revestimento de couro também tinha as cores personalizadas pelo comprador. Dentre os opcionais, destacava-se o aerofólio traseiro e o relógio Breguet, que dava um toque de classe ao painel. O sistema de som Alpine reproduzia fitas-cassete, o CD-player era equipamento opcional, assim como um subwoofer. O Diablo VT 6.0, última versão do modelo que foi descontinuado em 2002, é considerado pelos especializadas como o mais belo “Lambo” já produzido.

 

Mercedes AMG GT R

O Mercedes-AMG GT-R é a versão mais poderosa do desportivo germânico, que debita 585 cavalos de um bloco V8 4.0L. Completou a volta no circuito de Nurburgring Nordschleife, conhecido como “Inferno Verde”, em apenas 7 minutos e 10,92 segundos, superando por seis décimos o tempo do Apollo Gumpert Speed, da marca alemã Gumpert Sportwagenmanufaktur, anterior recordista entre os modelos de tração à retaguarda. A volta foi, por exemplo, 10 segundos mais veloz do que o tempo obtido pelo modelo Ferrari 488 GTB.

 

Honda NSX

A relação entre Ayrton Senna e a Honda possibilitou que a montadora japonesa desenvolvesse um esportivo à altura de modelos como Porsche 911 e Ferrari 348, no fim dos anos 80. O Honda NSX foi apresentado no Salão de Chicago de 1989 e rapidamente tornou-se uma das maiores referências japonesas das pistas de corrida, depois de receber os devidos ajustes do piloto brasileiro. O cupê vinha com um motor 3.0 V6 naturalmente aspirado com 273 cavalos e 29 kgfm de torque e levava 5,6 segundos para arrancar de 0 a 100 km/h, chegando aos 270 km/h.

 

Por sua colaboração no projeto, Ayrton Senna ganhou três unidades da Honda. Duas ficaram no Brasil e outra era mantida em Portugal, por um amigo do piloto tricampeão da Fórmula 1.

 

Serviço:

Exposição Exclusivos BH no BH Shopping

Dias 14 a 22 de abril

Horário: 10 às 22 horas

Praça de Eventos do Piso Mariana

Encontro de encerramento: 22 de abril

A partir das 10h no estacionamento do piso Mariana

Entrada gratuita

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2019 - Made with ♥ by Hero Corp.