• Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2019 - Made with ♥ by Hero Corp.

DICA DE LUXO

Calor exige cuidados com as crianças

12/02/2020

Mesmo com o período de chuvas, os capixabas sofrem com as altas temperaturas. E, geralmente, as crianças são as mais afetadas. Segundo o médico pediatra Jovacir Motta, é necessário ficar atento aos sinais que elas podem apresentar neste período.

O médico afirma que o tempo quente é um dos responsáveis por doenças como diarreia, gastroenterite e desidratação. Ele explica que a melhor forma de manter os pequenos com a saúde em dia é mantendo-as hidratadas. “Nessa época do ano, as crianças precisam de mais atenção, por isso a melhor solução é beber muita água. O ideal é que seja sempre de uma fonte confiável e que seja filtrada ou fervida”, afirma Motta.

Ele reforça que é importante estimular a criança a consumir o líquido. “Deixar sempre uma garrafinha ao alcance dela, colocar uma squeeze na mochila quando for à escola ou em cima da mesa quando for estudar, ajuda a desenvolver o hábito de beber água”, observa.

 

O especialista alerta que não é aconselhável dar à criança suco artificial (para os naturais a orientação é que seja sem açúcar), isotônicos, refrigerante ou outras bebidas no lugar da água. “Esses líquidos contém muito açúcar e outras propriedades que podem acarretar a obesidade infantil, por isso é importante ofertar com moderação”, destaca.


A pele dos pequenos também merece atenção. Segundo o pediatra, a textura denuncia se está ou não hidratado. “A pele costuma ficar mais fina e sem elasticidade. Além disso, língua seca e ressecamento dos olhos são sinais de desidratação”, elencou Motta.

A desidratação pode ser originada tanto por complicações gastrointestinais quanto pela exposição exagerada ao sol. Por esse motivo é fundamental assegurar que os baixinhos se mantenham sempre hidratados

Segundo a nutricionista Marília Freitas, uma boa dica é a preparação de sucos e chup-chup de frutas, para as crianças. “É importante ofertar água, mas também dar frutas que contenham mais água, como melão, melancia, abacaxi, pois elas repõem os eletrólitos perdidos na desidratação. Assim, as crianças ficarão hidratadas e nutridas”, disse ela.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload